Twist

matraga poesias February 14, 2018

Você, qual um furacão,
deixou em sua passagem
um rastro fundo,
nos quintais do meu coração.
Desmantelou telhados,
Rodopiou os meus pontos cardeais
Fez-me experimentar potencias e intensidades,
com gosto de quero mais.
Hoje eu sinto a tua falta, é verdade,
Mas sem ti; tenho que confessar
Sem ti, depois de ti,
Tornei-me alguém mais e melhor.
Um humano mais exigente,
com a qualidade da gente
Que quero para estar comigo,
Principalmente para aquela gente intima
Que eu escolho a dedo
e a quem me dedico e chamo de meu amor.
Melhor, pois sei mais do que quero
Quando penso querer alguém.
Mas tu me fizeste bem e me fizeste mal,
Elevei a minha exigência
Ampliei o meu ideal.
Querer alguém depois de ti,
E sempre querer a ti depois de ter alguém.
Inevitável comparação!
Quando lembro de tudo que tivemos
Quando lembro de como tivemos tudo
Recordo-me sorrindo do enigma
Que diz que o tudo não é para todos
E só para os que são capazes de suportar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *